HRO

Hospital Regional do Oeste

A partir do mês de setembro de 2002, abrimos um espaço para a realização de cultos no Hospital Regional do Oeste.  Os cultos são em todas as segundas, quintas, aos sábados e no segundo e quarto Domingo do mês, sempre às 15:30 horas. As Igrejas interessadas em participar desde ministério, deverão efetuar inscrição junto ao Hospital no telefone 3321.6778 com Otto.  Há uma escala para a realização dos mesmos, que poderá ser obtidas neste site. As Igrejas participantes deverão consultar a referida escala mensalmente para saber de seus dias de Culto. Pedimos a gentileza de providenciar substituto, no caso de não poder comparecer e em não tendo mais interesse, favor comunicar.

A introdução de cultos no Hospital Regional do Oeste é uma iniciativa de um grupo de funcionários e está sendo realizado com o apoio da Administração. Deve-se levar em conta que o ambiente hospitalar visa a recuperação do paciente de sua enfermidade. Obviamente a assistência religiosa é um elemento significativo no processo. Contudo, para que este trabalho possa ter êxito, precisamos considerar que o mesmo deve ser realizado em harmonia com os demais procedimentos, aos quais os pacientes são submetidos, bem como aos regulamentos da instituição. Para tanto relacionamos algumas orientações que pedimos, sejam observados com devido rigor:

1 – Os Cultos deverão ter duração de 30 minutos, devido a debilidade do paciente e a necessidade do paciente retornar ao quarto e assim receber os cuidados de enfermagem.

2 – O ambiente hospitalar requer silêncio, pedimos que os cultos sejam realizados em volume adequado.

3 – O Objetivo dos cultos é trazer conforto espiritual ao paciente. Pedimos que não sejam feitos sermões e ou convites com caráter proselitista.

4 – Não serão distribuídos folhetos nos quartos. Os mesmos deverão ser deixados na capela. Nós nos encarregamos de divulgar a existência dos mesmos.

5 – Solicitamos que a equipe que irá dirigir o culto não seja em número demasiadamente grande. A capela é pequena e o ambiente hospitalar requer controle na circulação de pessoas alheias ao ambiente.

6 – Solicitamos que sejam respeitadas as diferenças denominacionais, evitando conflitos desnecessários.

7 – Deixar a capela sempre organizada, do jeito que foi encontrada.

8 – Os cultos, eventualmente serão acompanhados pela responsável pela Pastoral da Saúde. Dúvidas poderão ser sanadas pelo telefone 3321-6778, com Otto ou com Ivone, na Pastoral da Saúde.

Seções

  • Governo do Estado de Santa Catarina
  • Secretaria de Estado da Saúde de SC
  • Lista de espera | SUS
  • Sistema Único de Saúde - SUS

Notícias

No public Twitter messages.